Flores Para o Natal !

Os arranjos de flores para o Natal são fundamentais, pois como eu sempre digo, as flores dão vida e alegram qualquer ambiente. Lance mão delas, mesmo que de uma forma simples, para sua comemoração ficar mais linda e cheia de luz.

Vou dar algumas dicas de Arranjo de flores de Natal mais tradicionais, usando vermelho mas todas com um toque especial diferente.

1 – Arranjo de flores para o Natal com flores vermelhas e roxas

Usei nesse arranjo: rosas, rosa spray, curcuma roxa, sementes, samambaia silvetre, pinheiro, uvas, pinhas e nozes, num vaso prateado maravilhoso da H Stern Home, para a decoração de Natal que fiz para eles. Veja aqui nesse post.

O vermelho e o roxo são cores que compõem uma harmonia linda e o roxo vem como elemento inusitado num arranjo de Natal tradicional usando flores vermelhas.

Para usar a pinha e as uvas nos arranjos de flores, você deve usar arames para prender esses elementos em palitos de madeira {podem ser palitos de churrasco. Se necessário, use cola especial de flor para fixar melhor na madeira}

2 – Arranjo de Flores natalino com flores Vermelhas

Nesses arranjos de Natal usei flores vermelhas, suculentas e bastante folhagem. Eu gosto muito de fazer arranjos em estilo livre e não muito certinho já falei sobre esse estilo aqui e aqui, usando vários tipos de folhagens, o que enriquece o arranjo e o torna único, Muito utilizado em várias floriculturas Online.

No arranjo grande usei: rosas, celósias, gloriosas {amo essa flor!, hipéricum, samambaia selvagem, grinalda. Utilizei a técnica de bouquet espiral, mas deixando-o desestruturado na mão.

No arranjo menor, eu usei as suculentas plantadas e espuma floral para fazer o arranjo em formato de topiaria {onde as flores ficam bem juntinhas e ele é um pouquinho mais baixinho}. As flores são: astromélias*, rosa spray e musgo para dar acabamento.

* as “astromélias”, como todos chamam essa flor tão querida e com nome tão difícil, na verdade chamam-se alstroemérias.

arranjo-floral-natal-rosas-gloriosas-samambaia-celosias-1arranjo-floral-natal-rosas-gloriosas-samambaia-celosias-suculentas-2
arranjo-floral-natal-rosas-gloriosas-samambaia-celosias-suculentas-1

 

3 – Arranjo com orquídeas brancas num vaso vermelho

Nesse arranjo usei flores brancas com folhagem tropical e o vermelho {cor do Natal} estava no vaso.

Trata-se de um arranjo bem livre de orquídeas phaleanopsis brancas com a pleomélias, essa folhagem tropical verde com o contorno das folhas brancas.

E aí vai minha dica: as folhagens tropicais combinam super bem com as orquídeas e os arranjos ficam lindos!

 

Anúncios

Flores Pelo Mundo

Você acaba de ganhar uma passagem para fazer a viagem dos sonhos para os apaixonados por flores! Vamos conhecer os jardins pelo mundo a fora? São tantos destinos belíssimos que ficará difícil escolher um favorito, viu?

Vamos começar a viagem pelo Brasil. Primeira parada: Jardim Botânico do Rio de Janeiro, considerado um dos mais lindos do mundo, possui oitenta e três hectares de floresta e quase quarenta mil plantas cultivadas! Imagina o quão lindo não é esse lugar todo verdinho em meio a Cidade Maravilhosa? É encantador!


Saindo do Rio, vamos para o sul visitar o Jardim Botânico de Curitiba que traz um ar francês à capital paranaense. O jardim tem 240 mil metros quadrados e possui uma grande variedade de espécies botânicas, nacionais e internacionais, e ainda conta com dois locais que deixam o jardim ainda mais atrativo para os turistas, que são o Bosque de Araucárias e o Museu Botânico Municipal. Magnífico!

Hora de visitar o país hermano do Brasil e conhecer o Paseo El Rosedal, em Buenos Aires, que contam com nada mais nada menos que 18 mil roseiras de diferentes espécies em vários lugares do parque. Para os apaixonados, esse é o local que vocês não poderão deixar de ir, quem sabe até andar de barquinho pelo lago, como em um lindo filme de amor.

Vamos subir às Américas? Que tal conhecer o Butchart Gardens, na Ilha Vancouver, Canadá? A beleza desse lugar é de deixar o queixo caído! As mais de 700 espécies possuem cores vívidas que mais parecem um quadro de algum artista. E pensar que esse jardim surgiu bem pequeno na volta da casa do produtor industrial Robert Pim Butchart.

Ainda no Canadá, o Montreal Botanical Garden espera nossa visita para contemplar as 30 esculturas botânicas, o insetário e o espaço dedicado às plantinhas venenosas e carnívoras, além do lindíssimo jardim chinês. A criatividade e a natureza são coisas extraordinárias, não é mesmo?

Hora de embarcar para do Atlanta Botanical Garden, nos Estados Unidos e apreciar como a beleza das flores de diferentes espécies, inclusive uma estufa repleta de orquídeas! #OrquídeaLover Mas quem chega ao jardim, logo se encanta ao conhecer as esculturas botânicas, como a enorme Deusa da Terra, com seus cabelos de flores e uma queda d’agua impressionante em suas mãos. É linda demais

Para finalizar na terra do Tio Sam, a boa é conhecer o Desert Botanical Gardens, no Arizona. Um jardim totalmente dedicado as 17 mil espécies de plantas desérticas! Lugar ótimo para conhecer mais sobre as flores que crescem no deserto. Os apaixonados pelas desérticas vão a loucura nesse jardim!

Do outro lado do Atlântico, vamos conhecer o apaixonante Jardim de Versailles, na França. Quem nunca sonhou em andar por aqueles labirintos floridos, que possuem vários jardins em 800 hectares de terra? O visual é incrível mesmo! Já que estamos na França, mais alguns minutos chegamos a Paris, onde os parques são lindos, mas a atenção mesmo fica para as floriculturas todas com flores maravilhosas e que enfeitam as ruas da capital do amor Neste post eu falo como foi conferir e me encantar essas belezas que só Paris pode proporcionar. Ah, quem quiser saber como é o Jardim de Monet, neste post tem fotos incríveis mostrando como é o jardim.

Hora de partir para um dos jardins mais conhecidos do mundo, sonho dos adoradores de Tulipas, Narcisos e Jacintos. Adivinhou? Fácil né, rs?! Keukenhof Gardens, na Holanda. Não preciso falar que esse lugar me encanta porque ele tem esse poder com todos os visitantes…  Vá na primavera e veja as cores vivas de cerca de 7 MILHÕES de Tulipas. Pegue uma bike ou um barquinho e sinta-se parte de uma cena de filme! Aiai…

Depois desse encanto de jardim, hora de ir mais longe para chegar ao Koishikawa Korakuen Gardens, em Tóquio! Em meio a confusão da grande cidade há esse refúgio verde e nos meses de março e abril, torna-se um rosa lindo por causa das tradicionais e delicadas Cerejeiras! No outono, o vermelhinho toma conta, principalmente entre o fim de novembro/início de dezembro tomam conta desse belo jardim desenhado no século XVII.


Nossa viagem está quase no final, mas antes vale a pena conhecer o Dubai Miracle Garden. Como tudo em Dubai é exagerado e luxuoso, o jardim milagroso conta com 45 MILHÕES de flores, criando formas incríveis que só poderíamos conferir em Dubai!

E para finalizar, vamos conhecer as espécies que colorem o Kirstenbosch National Botanical Garden, África do Sul. Um jardim mais tímido em relação ao destino anterior, contando com 7 mil espécies de proteias.

Celósia

Vamos começar a semana admirando uma plantinha aveludada, que parece até ser de mentira? A Celósia, possui formas e cores diferentes, trazendo charme para vários arranjos florais.

Sua textura aveludada deve-se as sua inflorescência, que pode parecer pluma, espiga ou ter ondulações, como a mais conhecida “Crista-de-Galo”. São resistentes, fáceis de cultivar em vasos ou jardineiras e podem crescer até 1m, dependendo do tipo.

Elas são plantas de clima tropical, ou seja, super dão certo no Brasil. A temperatura ideal para elas se desenvolverem bem, fica entre 20ºC e 35ºC. Quando for escolher o local para plantá-las, escolha um cantinho com grande incidência de luz do Sol, mas não deixe pegar o sol mais quente do meio do dia. Além disso, mantenha o solo bem úmido, mas não encharcado. Nessas condições, você verá sua Celósia começar a tomar forma.

Tanto elas podem compor lindos arranjos românticos {usando a crista-de-galo, por exemplo}, quanto complementar arranjos mais desconstruídos {como os que eu amo fazer!}, usando as plumosas, para criar volume e trazer mais vida ao arranjo com suas cores vibrantes e sua textura ímpar. Se quiser apenas criar algo só com elas, vá em frente! As celósias ficam belíssimas juntas, me lembram muito os corais do fundo do mar {o que me faz pensar em usá-las em festas infantis da “Pequena Sereia”, por exemplo}, rs!

Lindinhas, não são mesmo?

Nome popular: Celósia ou crista de galo

Nome científico: São divididas em três espécies, por isso três nomes diferentes: Celosia argentea, Celosia cristata e Celosia plumosa

Rosa Spray

Para começar a semana de um jeito lindo e delicado, apresento-lhes uma das minhas flores favoritas na elaboração dos arranjos florais: a Rosa Spray. Vocês irão se apaixonar, assim como eu!

Muitas das minhas assinaturas de flores, eu utilizo algumas mini-rosas, as chamadas Rosas Spray. Elas são lindas e possuem alta durabilidade, quando conservadas do modo correto, logo são perfeitas para os arranjos florais. Sem contar que são belíssimas, levam muita elegância aos arranjos clássicos e um brilho aos arranjos mais coloridos.

rosa spray

Outro ponto forte das rosas spray, é que em uma única haste, ela pode ter até vinte botões, diferente das rosas normais que possuem apenas um botão por haste. Com apenas uma haste, você já conseguirá fazer um pequeno arranjo cheio de charme. Comprando diferentes cores, você terá um mix lindo, fácil de fazer e super duradouro para decorar se cantinho de um jeito simples, mas com muita presença, afinal, são rosas… E quem não gosta dessas lindezas?!

rosa spray

Elas são facilmente encontradas em floriculturas e até supermercados, possuem uma grande variedade de cores, o que é ótimo, pois permite que o arranjos feitos com elas possam ter uma boa combinação de cores e texturas, sem perder a unidade do arranjo. Coloque-as em um belo vaso e terá algo para admirar e inspirar por um bom tempo!

Esses mini-arranjos foram produzidos por mim como muito carinho para um chá de bebê. Eu adoro essas pequenas, ainda mais quando são lindamente registradas.

rosa spray

Floricultura OnLine – Tulipas

Começando a semana muito bem, pois vou falar de uma das flores mais conhecidas e adoradas por muitos: a Tulipa, que encanta desde quando é apenas um botão até o momento que desabrocha. Quem me segue no ceasa, encontrei várias lá e também já estou bolando algumas coisas para a páscoa, visto que essa é a época de floração delas. Aguardem coisas legais por aqui!

Mas voltando a nossa estrela da semana, seu nome é inspirado no termo “tulipan”, que significa turbante. E é bem parecida mesmo, rs! A Tulipa é de origem turca e não da holandesa, como a maioria de nós pensamos, pois associamos isso ao belíssimo jardim de Keukenhof, que possui nada mais nada menos que sete milhões de espécies da flor. Incrível, né?

Ela não é adepta do clima tropical do nosso país, porém pode ser cultivada em ambientes que simulem condições perfeitas para o crescimento delas. No Brasil, o produtor mais famoso das tulipas é de Holambra, da famosa fazenda Terra Viva, que por sinal, o que seria impensável, já que elas precisam de baixas temperaturas para que seus bulbos desabrochem.

Se você pensa em comprá-las para fazer um belo arranjo, tenha em mente que as Tulipas duram, no máximo, dez dias e procure as que ainda estão em botão, pois poderá durar e você poderá se encantar por mais um tempinho, rs! Separe um cantinho que tenha uma luz natural fraca e sem vento também, pois farão elas morrerem mais cedo.

Lembre-se que elas não gostam de calor, temperatura amena sempre! Se onde mora é muito quente como aqui no Rio, a dica é colocar até pedrinhas de gelo na terra onde ela está plantada, para mantê-las sempre frescas. Quem ai não ia querer gelo também em um calor de quase 40ºC? Rs!

Uma outra dica, caso você deseje plantar, é que após a poda de suas folhas e pétalas, quando já estiver murchinha, separe o bulbo, troque a terra e use terra vegetal, deixe-a bem úmida, coloque um plástico na volta desse vaso e congele entre 2ºC a 5ºC por mais ou menos, seis meses. Quando este tempo acabar, retire do freezer e deixe num local fresco e com luminosidade amena também, por uns dois meses, regando sempre. Passado esse tempo nessas condições, volte-as para o freezer por mais dois meses, depois retire novamente, sempre deixando a terra úmida. Dentro de cinquenta dias, ela deve brotar mais uma vez.

É difícil cultiva-las sozinho por causa desse longo período de tempo, mas quem está acostumado, tira de letra.

A Tulipa é uma bela opção para presentear alguém especial e suas cores representam muitas coisas boas, como:

Vermelha: significa amor verdadeiro e eterno.
Roxa: tranquilidade, paz e luxo.
Amarela: luz do sol e prosperidade.
Branca: significa perdão.
Laranja: vitalidade e vigor.
Negra: elegância e sofisticação.
floreando-tulipas-2

Faça um arranjo ou buquê de boas energias e revele o significado a pessoa que receberá. Ela ficará lisonjeada com tamanho carinho!